segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Mercantilismo Francês ou Colbertismo



(Jean-Baptiste Colbert, 1619-1683)



As primeiras medidas mercantilistas em França ocorreram durante o governo do primeiro-ministro de Luís XIII, o cardeal Richelieu.
Richelieu estava empenhado em vencer a concorrência holandesa, impulsionou a criação naval e a construção de novos portos e incentivou a fundação de companhias mercantis destinadas ao comércio colonial (Companhia da Nova França e a Companhia de Morbilan).
Nos Sécs. XVII-XVIII, a prosperidade dos portos franceses era resultante do comércio do açúcar das Índias Ocidentais.


O verdadeiro obreiro do mercantilismo francês foi Jean-Baptiste Colbert, ministro de Luís XIV entre 1661 e 1683, mostrando ter como objectivos principais o engrandecimento da economia francesa pelo incremento da produção manufactureira, pelo fortalecimento do comércio externo e pelo alargamento das áreas coloniais e respectivo comércio, afastando definitivamente a poderosa concorrência dos holandeses.

Sem comentários:

Enviar um comentário